Sexta-feira, Agosto 5BLOGS
Shadow

Como funcionam as plataformas de compra e venda de criptomoedas

cripto

Muitas pessoas têm dúvidas e até mesmo receio de entrar no mercado das criptomoedas. Aliás, umas das perguntas mais feitas é como funcionam as plataformas de compra e venda de criptomoedas.

As corretoras ou bolsas de criptomoedas são chamadas tecnicamente de Exchanges destas moedas digitais. Portanto, elas nada mais são do que plataformas digitais incumbidas de realizar a compra e venda ou troca desses ativos digitais.

Através dessas plataformas, o investidor pode fazer a transação das suas criptomoedas. Mas para isso é necessário saber se a Exchange escolhida é realmente segura.

Uma boa corretora de criptomoedas deve oferecer algumas garantias que não deverão ser de maneira alguma ignoradas pelo investidor. São elas: um excelente nível de proteção ao consumidor, total transparência e conformidade com as práticas do mercado.

As Exchanges funcionam praticamente da mesma forma que uma corretora do mercado financeiro, cobrando taxas, comissões, levantamentos e outros.

As transações podem ser pagas através de transferência bancária, cartões de crédito e outros meios de pagamento a depender das normas de cada empresa. 

Também pode utilizar uma plataforma como a BitIQ, que é um robot de negociação de criptomoedas. Você será atualizado em tempo real sobre as flutuações do preço da Bitcoin ou outras moedas para aproveitar as melhores oportunidades.

Existem riscos ao comprar criptomoedas?

Em qualquer tipo de investimento existem riscos, seja em ações, moedas ou outros. As criptomoedas, como todos os investimentos, podem sofrer alterações diárias. Portanto, não espere outra coisa em relação às moedas virtuais.

Mais importante, existe um risco bastante sério que é a perda da sua chave privada ou código. Ela é dada ao proprietário das criptomoedas e, caso perca essa chave, perderá as suas criptomoedas como se perdesse a sua carteira na rua.

Mesmo ao armazenar as suas criptomoedas numa wallet ou carteira dentro de uma Exchange, o risco ainda persiste.

Essas empresas têm acesso livre aos fundos dos seus investidores. Portanto, em caso de um ataque de hacker, poderá simplesmente perder todo o seu investimento.

Daí a importância de pesquisar em sites especializados a reputação da empresa, o histórico de funcionamento e o nível de segurança técnica. Além disso, é necessário investigar o volume negociado, se existe algum registo de acesso a dados de clientes por terceiros e a confiabilidade do armazenamento.

Procure uma Exchange que ofereça sistemas de segurança, como verificação em duas etapas (2FA) e códigos para ter acesso à sua conta.

Não tenha pressa na escolha da Exchange para investir em moedas virtuais. Aliás, estude pacientemente cada uma delas com muita atenção e tome uma decisão com calma.

Como negociar Criptomoedas

Estando registado numa corretora, basta fazer o depósito na sua conta na plataforma e escolher a criptomoeda que mais lhe agrada. De seguida, decida-se pela quantidade a comprar e confirme a transação. O processo é muito simples e leva apenas alguns minutos.

Mas cuidado com as fraudes. Seguem-se algumas dicas de ouro para manter a segurança.

Sites e Apps Falsos

Uma das fraudes mais comuns no mercado das moedas virtuais são os sites e apps falsos. É através destes que são fornecidas informações incorretas que iludem os investidores.

Ao cair neste tipo de situação, o seu dinheiro irá rapidamente desaparecer. Portanto pesquise sempre na internet sobre a reputação da plataforma escolhida e, em caso de dúvida, ignore-a, afinal, vai depositar as suas economias na mesma.

Grandes Retornos

Outra fraude que, apesar de antiga, ainda atrai muita gente é a do lucro fácil. É a velha promessa de um grande retorno financeiro com percentagens surreais.

Esse grande retorno não existe e até mesmo as moedas mais conhecidas e fortes sofrem oscilações. Logo, se as chances de ganhar ou perder são iguais, porque é que nessa “corretora” a história é diferente? Tenha atenção a promessas de retornos mirabolantes. Neste caso, o melhor é ignorar esse tipo de ofertas.

E-mails fraudulentos

Se receber um e-mail da sua Exchange, fique atento a sinais de alerta, como oferecerem uma boa oportunidade de investimento clicando no ícone ao lado da página. Clicando, será redirecionado a um site fraudulento (este problema chama-se phishing) e ao fazer o seu depósito, o valor automaticamente irá desaparecer.

Quando tiver algum problema ou mesmo dúvida em relação a um e-mail, telefone para a empresa para obter a confirmação da mensagem.

Votos: 1 | Pontuação: 5

No votes so far! Be the first to rate this post.

Partilhar este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.