Sábado, Julho 24BLOGS
Shadow

Qual a pressão correta dos pneus para um automóvel?

Saber qual é a pressão correta dos pneus não só vai garantir uma maior segurança ao circular na estrada, mas também garantir que o piso dos pneus do seu carro tem um desgaste uniforme e mais prolongado, ajudando-o a poupar algum dinheiro a longo prazo.

Os pneus são um dos componentes mais importantes do seu carro no que toca a segurança.

São o único elo de ligação entre si e o asfalto, e na hora de fazer uma mudança de direcção repentina para evitar algum obstáculo ou efectuar uma travagem mais brusca, vai querer confiar neles a 100%, sabendo que não terão qualquer reacção inesperada.

Utilizar pneus com pressão baixa vai fazer com que haja mais superfície do pneumático em contacto com a estrada, o que fará também com que os consumos de combustível aumentem.

A pressão correta dos pneus varia de carro para carro, uma vez que nem todos os carros têm o mesmo peso, mas variará sempre entre 2.2 BAR e 2.5 BAR.

Os valores da pressão correta dos pneus para cada carro, podem ser encontrados numa placa de metal na porta do condutor do seu automóvel, no interior da tampa do carburante, no flanco da porta do condutor, no manual do seu veículo ou, de vez em quando, no compartimento do motor.

Pode igualmente utilizar a sua tabela de pressões standards.

Se o seu carro for um sedan, um SUV ou uma monovolume, deverá então utilizar sempre uma pressão de pneus mais alta.

Como estes carros têm mais peso, necessitarão de uma maior pressão para os manter em contacto permanente e correcto com a estrada.

Se circular com um destes carros sem o número máximo de passageiros e com pouca carga deverá encher os seus pneus até uma pressão de 2.3 BAR (ou 33 PSI).

Se circular com o carro com alguma carga e sempre com 4 ou mais passageiros, então poderá encher os pneus, no máximo até 2.5 BAR (36 PSI).

A pressão dos pneus deve ser verificada sempre a frio, ou seja: o seu veículo não deverá ter percorrido mais de 3 a 5 quilómetros nas duas últimas horas.

Caso contrário, se parar, por exemplo numa área de descanso da auto-estrada, e se os seus pneus estiverem quentes, adicione 0.3 bars à pressão indicada (1 bar = cerca de 1kg/cm2), em seguida controle de novo a pressão quando os pneus estiverem frios.

Nunca reduza a pressão dos pneus a quente.

Votos: 7 | Pontuação: 5

No votes so far! Be the first to rate this post.

Partilhar este artigo
  • 1
    Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *