Sábado, Outubro 24BLOGS

Comprar roupa online: além dos descontos saiba como poupar mais

O confinamento obrigatório a que fomos sujeitos entre março e abril teve o condão de acelerar uma tendência já de si crescente nos últimos anos: as compras online.

Dentro deste domínio, a área do vestuário foi uma das que mais lucrou com a migração em massa para o e-commerce.

Não que seja uma grande surpresa, há já alguns anos que basta uma pequena pesquisa pelos marketplaces do Facebook e do Instagram para perceber a extensa e variada oferta vinda quer de marcas internacionalmente reconhecidas, quer de anónimos que se desfazem de roupa que já não utilizam ou que, em parceria com lojas físicas, potenciam o escoamento das roupas através do canal digital.

O tempo que se poupa em deslocações, a larga e diferenciada oferta e, acima de tudo, a possibilidade de poupar dinheiro no processo de compra, dado que as os “shoppings virtuais” apresentam preços mais competitivos do que o comércio tradicional, são alguns dos fatores que levam cada vez mais portugueses a comprar roupa online.

Apesar disso, há sempre margem para poupar. É nessa margem que estacionamos para vos dar algumas dicas que permitirão poupar ainda mais aquando da aquisição de alguma peça de roupa online.

A primeira ideia que lhe aflorará à mente será a dos descontos, certamente este é um bom começo, será por aí que iniciaremos a nossa exposição, mas existe mais poupança para além deles. Senão vejamos.

Dicas para poupar na compra de roupa online

1. Cupões de desconto e promoções

Com a subscrição das newsletters de alguns sites ou seguir páginas de redes sociais de compras online vai ter acesso (por vezes, via email) a vales de desconto ou códigos de promoções que lhe permitirão poupar.

2. Pesquise e compare os preços

A oferta de “prontos a vestir online” é enorme. Não conhece fronteiras e é fácil perdermo-nos nos milhares de artigos “expostos”.

Assim, uma das primeiras coisas que deve fazer é delinear que artigo/s quer comprar e proceder a uma busca exaustiva em vários sites para comparar os preços disponíveis.

Na internet é fundamental a pesquisa, pois encontra preços distintos para o mesmo produto.

3. Poupar com os meios de pagamento

Tal como utilizar uma pesquisa prévia e uma boa utilização das promoções lhe podem valer mais uns “cobres” no bolso, os meios de pagamento que utiliza podem ter uma palavra a dizer na geração de poupança.

Uma grande maioria dos marketplaces e dos sites de compra de roupa online privilegiam o cartão de crédito enquanto meio de pagamento.

Se, ao invés de optar por um cartão “tradicional”, procurar fazer os seus pagamentos por intermédio de um cartão de crédito com oferta de cashback, vai poder receber de volta algum do dinheiro que gastou, poupando assim em todo o processo de aquisição.

Para se perceber como é que funciona esta devolução parcial do dinheiro gasto, tomemos como exemplo o Unibanco e um dos seus cartões de crédito com oferta de cashback.

O cartão Atitude Unibanco é um cartão de crédito sem anuidade que permite o fracionamento dos pagamentos em 3x vezes sem juros (acima de 300 euros), dá 20 a 50 dias de crédito sem juros e vem com o já mencionado cashback.

Basicamente, o casback associado a este cartão permite ao cliente receber de volta entre os 20 euros mensais para um montante de compras ou adiantamento de numerário a crédito igual a superior a 500 euros e os 5 euros mensais para um valor entre 100 e 299 euros em compras e adiantamentos.

“Fazer” este cartão de crédito é simples e rápido, uma vez que o Unibanco está a apostar na digitalização dos seus serviços.

Isto, na prática, equivale a dizer pode aderir a este cartão de crédito online, totalmente online.

Comprar roupa online

4. Encha o carrinho de compras e espere

Se adicionar as roupas que deseja ao seu carrinho de compras online e não finalizar a sua compra, deixando-os lá por alguns dias, estará a poupar, uma vez que o próprio site poderá vir a notifica-lo via e-mail de eventuais reduções no preço dos produtos (os preços sofrem alterações constantes) que lá deixou por comprar.

No entanto, convém não esperar muito e a pesquisa que indicamos no ponto 1 ter sido bem-feita, pois o site em que pretende efetuar a compra pode já ter o preço mais baixo do mercado e os seus produtos terem, entretanto, esgotado.

5. Poupar nos portes de envio

Apesar de alguns produtos não terem portes de envio, a verdade é que a compra de roupas (e outros artigos) online tem sempre um valor extra a acrescentar à fatura final.

Para poupar dinheiro em compras online, convém saber o valor dos portes de envio, mesmo que tenha de simular a compra até ao fim.

Depois, compare o valor final com o de sites que oferecem portes de envio grátis – nesses casos, o preço de envio pode estar “camuflado” no valor dos artigos ou não.

Para além disso, alguns sites oferecem portes grátis quando a encomenda atingir um valor mínimo, o que significa que pode poupar dinheiro se juntar os artigos de outras pessoas (familiares, amigos) à sua encomenda.

6. Atenção à política de devolução

Uma coisa é o produto que nos aparece no ecrã do PC ou do smartphone, outro é aquele que nos chega às mãos.

Na maioria dos casos, a “bota bate com a perdigota”, mas em outros teremos que proceder a uma devolução que, não raras vezes, nos custa algum dinheiro.

Por isso, o nosso conselho é: antes de prosseguir com a compra, leia atentamente a política de devoluções do site onde pretende adquirir a sua roupa e certifique-se de que uma potencial devolução não implica custos extra (se tiver custos, analise se continua a ficar mais barato comprar online).

7. Comprar no dia certo é poupar

O mercado online é bastante volátil e os preços são bastante dinâmicos. Quarta, quinta e sexta-feira são dias de melhores descontos e promoções especiais numa boa parte das lojas online.

Votos: 12 | Pontuação: 4.6

No votes so far! Be the first to rate this post.

Partilhar este artigo
  • 3
    Shares
Todas as fotos exibidas neste blog são de propriedade exclusiva das respectivas marcas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *