loja virtual – Como vender bens e serviços on-line

Quer se trate de uma loja virtual ou de uma loja real, é preciso haver um produto ou serviço para vender que os clientes adorem e estejam dispostos a comprar. A loja on-line tem a grande vantagem de permitir uma redução de alguns custos, mas ainda assim é preciso conceber um plano de negócios cuidado, que veremos mais à frente neste artigo.

ma das grandes vantagens de uma loja on-line está nos custos. Os custos de arrendamento de uma loja na Internet resumem-se ao alojamento do website num servidor especializado. Com o desenvolvimento crescente da tecnologia dos servidores e das telecomunicações, o preço de alojar um website não chega a 5 euros por mês.

Além dos baixos custos, uma loja online oferece ainda uma grande vantagem ao nível do mercado potencial. Uma solução de ecommerce bem concebida é uma loja aberta para todo o mundo, 24 horas por dia. O potencial de vendas é praticamente ilimitado.

Trabalhar a partir de casa, em vez de ter de sair para abrir a loja é outra das razões que levam muitos empreendedores a apostar no comércio online. Temos de ter em conta que esta vantagem apresenta também um risco: a flexibilidade de horários e de local de trabalho é muitas vezes a razão de uma vida pessoal desorganizada, causando stress e tensões a nível familiar.

De todas as vantagens do comércio online, talvez a mais importante seja o baixo custo do investimento inicial. Por ser tão acessível, muitos comerciantes estão a apostar em força na Internet, entrando em vários segmentos de mercado, com produtos e serviços a preços extraordinariamente baixos, causando uma grande pressão concorrencial.

Como em tudo, quando não existem grandes barreiras à entrada e o potencial de mercado é grande, a concorrência encarrega-se de trazer a eficiência ao mercado. Os consumidores, por seu lado, sendo cada vez mais exigentes, vão pressionar no mesmo sentido, obrigando as lojas online a praticarem preços muito baixos e a oferecem serviços de maior valor acrescentado, tais como garantias, entregas rápidas, devoluções e respostas a dúvidas.

A legislação: pela sua natureza, uma loja on-line tem tendência para ser internacional, o que significa que as leis específicas de cada país para onde se vende têm de ser seguidas. Além disso, alguns países já têm uma legilação específica para o comércio on-line, que tem de ser seguida à risca para não colocar tudo em causa. Por exemplo, os suplementos de saúde podem requerer prescrição médica e se vender esses produtos sem a documentação própria, pode estar a colocar-se numa situação ilegal. Outros sectores que merecem uma análise cuidada da lei são os bens alimentares, os brinquedos, as plantas, os medicamentos, os animais, entre outros. Assim, o seu plano de negócios deve conter uma secção especialmente dedicada ao estudo aprofundado da legislação do comércio on-line.

Os pagamentos: os pagamentos são outro ponto que deve ser abordado com cuidado. Há muitas formas de receber pagamentos internacionais de forma segura e conveniente, como o Paypal e o Multibanco por exemplo. Mas para que o sistema de pagamentos on-line funcione bem terá de ser planeado, desenvolvido e testado com antecedência.

O software: Se não é especialista em programação e está mesmo decidido a avançar com uma loja on-line, o melhor é contratar uma empresa com provas dadas no mercado. Há vários programas disponíveis por toda a Internet que o podem ajudar a criar a sua loja on-line, através de soluções pré-concebidas, desde o catálogo aos carrinhos de compras, passando pela caixa e pelo envio de mercadorias. Consulte a categoria SOFTWARE ou www.ptnet.net.

Vender: Atrair clientes é difícil em qualquer negócio e sem dúvida que o mesmo vale para os negócios on-line. A publicidade é um dos factores chave em qualquer negócio. No caso de uma loja on-line, é um pouco diferente. Assegure-se de que o negócio aparece listado em tantos motores de pesquisa quanto possível e, obviamente, fazer uma análise às palavras-chave da sua página de Internet pode revelar o  potencial de marketing do seu negócio on-line. Um bom sistema para fazer publicidade através de palavras-chave é o Google Adwords, pois permite, com grande precisão, atingir o seu público-alvo. Além disso, o Google Adwords tem a vantagem de ser muito rigoroso no controlo de custos e nas estatísticas de acessos ao seu site.

Optimização da loja: Contacte um especialista para optimizar a sua loja para obter bons resulatados na pesquisa do google, Bing ou Yahoo. Consulte a categoria OPTIMIZAÇÃO SEO ou www.ptnet.net.

Apoio ao cliente: o apoio ao cliente não pode ficar esquecido só porque se trata de uma loja on-line. Uma recolha adequada de queixas e de sugestões e uma política de devolução devem ser instituídas. É a única forma da loja começar a ganhar credibilidade. Abrir uma loja com um centro de compras grande, como o ebay, e obter testemunhos dos clientes também é bom para o negócio.

Loja Virtual

Vote neste artigo

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*